quinta-feira, 28 de Julho de 2011

Como se reconhece que o rim está doente?

O rim pode ser atingido por doença de origem imunológica, inflamatória, infecciosa, neoplásica, degenerativa, congênita e hereditária.
A primeira atitude da pessoa é observar a urina, seu volume, sua cor, seu cheiro e a maneira como é eliminada (jato). O volume de urina pode estar aumentado ou diminuído. Grandes volumes diários de três a quatro litros ocorrem na diabete e podem ser a manifestação inicial de outras doenças renais. A cor pode se manifestar turva, esbranquiçada ou sanguinolenta.
O ato de urinar pode ter alterações como dor, ardência, urgência, ou urinar em pequenas quantidades em inúmeras micções diurnas ou noturnas. Pode ocorrer também a presença de inchaço nos pés, mãos e olhos. Quando o rim está inflamado, infectado ou aumentado por tumor ou obstrução ocorre dor nas costas ou flancos. Um dos sintomas iniciais de doença renal pode ser a presença freqüente de micção noturna, ou seja, a pessoa é acordada durante a noite porque está com vontade de urinar.
Quando há cálculos a dor é aguda, intensa e em cólica. Os principais fatores de risco para doença renal são: hipertensão (pressão alta), diabetes, idade acima de 60 anos, estória de doença renal na família e presença de doença cardíaca ou cardiovascular. Outros sintomas que não são específicos de doença renal, mas que podem aparecer em estágios mais avançados da doença renal crônica, quando já ocorre redução importante da função renal são: cansaço e fraqueza por anemia, falta de apetite, náuseas e vômitos.
Outros sinais que podem aparecer são a pele pálida e seca, sinais de anemia, e aumento da pressão arterial.
Caso haja suspeita que a pessoa tenha doença renal os exames iniciais são o exame de urina e a dosagem da creatinina no sangue. O exame de urina pode evidenciar perda de proteína, glicose, sangue, pus e bactérias. A creatinina é uma substância que existe no sangue e constitui um produto do metabolismo muscular, sendo razoavelmente constante. Suas taxas variam de acordo com a massa muscular do indivíduo. Quando ocorre aumento nas taxas de creatinina significa que há uma diminuição da capacidade de filtração dos rins. Outro exame simpels que pode ser realizado é a ecografia dos rins ou do abdome que pode demonstrar a presença de cálculos, sinais de obstrução das vias urinárias, alterações na forma e tamanho do rim.
Fonte:
http://www.abcdasaude.com.br/artigo.php?270

7 comentários:

  1. Meu pai estamos suspeitando que ele tenha problema nos rins,ele é alco letro,e fuma,isso pode ser uma das funções para aparecer essa doença renal?

    ResponderEliminar
  2. estou suspeitando que estou doente dos rins. por isso procurei esta page, e agora estou mais a par do assunto obg.

    ResponderEliminar
  3. Eu tenho inflamacao renal...as vezes e mim incomoda muito...ja sentir muito dor...

    ResponderEliminar
  4. O medico me disse que estou com muita infecção na urina ...estou tomando antibiótico....mas estou sentindo muita dor nas costas do lado esquerdo ...esta bm dolorido,,,,,será que estou com problemas no rim?????

    ResponderEliminar
  5. meu marido esta com os 2 rins doentes, só 20% deles funciona, se a creatinina continuar a subir vai precisar transplantar. mas temos muitas dúvidas sobre este procedimento.

    ResponderEliminar
  6. Segundo o médico minha mãe está com um rim muito doente. Tenho muita dúvida sobre o assunto... Será necessário fazer diálise, hemodiálise ou transplante

    ResponderEliminar
  7. FAZ TRES DIAS QUE ESTOU COM DOR NAS COSTAS SINTO A PAÇMA DA MÃO SECA MINHA PELE ESTA PARDA SEI LA SE É IMAGINAÇÃO TOMEI UMA INJEÇAO PARA DOR MAS AINDA DOI POUCO MAIS DOI ACHO QUE É RINS

    ResponderEliminar